Jornal Bananal Online ‘repudia’ ação liberdade de imprensa contra presidente da Câmara de Rio Bananal

Na última sessão da Câmara de Vereadores de Rio Bananal, Noroeste do Espírito Santo, o vereador Judaci Bolsoni (PSB), promoveu um ato de censura ao impedir filmagens da sessão da Câmara de Vereadores do Município, em que estava sendo votado o parcelamento de uma dívida de mais de 4 milhões deixada pelo ex-prefeito Felismino do mesmo partido do presidente.

Segundo informações do Jornal Bananal Online que repudia esta ação, ao agir desta forma o presidente da câmara feriu de morte o principio da publicidade previsto na Constituição Federal por meio do qual todos os atos do poder público em geral deve se tornar a público todos os seus atos.

O jornal ainda ressalta a falta de respeito por parte do parlamentar com a imprensa, e que em tempo de pandemia todas as pessoas não podem sair de suas casas para assistir as sessões legislativa, o presidente demonstra estar na contra mão dos acontecimentos.

Desta forma a população ficou impedida de assistir as sessão em tempo real e de acompanhar a atuação dos representantes que elegeu para representá-la. A atitude do parlamentar causou estranheza sendo que nenhuma lei está acima da Constituição Federal.

Desde junho de 2017 o site de notícias Bananal Online, por meio das plataformas digitais, faz a transmissão em tempo real das sessões da Câmara de Vereadores e publica as sessões gravadas em seu canal do YouTube, com o intuito de informar a população sobre o que acontece nas sessões da câmara de vereadores, que são reuniões públicas.

Procurado pela reportagem, o vereador Judaci informou que essa medida é por conta do Coronavírus. Vale destacar que diversas transmissões já foram feitas na casa legislativa desde o inicio da pandemia.

A decisão do vereador prejudica não apenas o site Bananal Online, mas outros veículos de imprensa local – mas afeta todo o povo ribanense e coloca em risco a democracia, ferindo princípios fundamentais do Estado Democrático de Direito.

A imprensa não precisa de autorização para filmar, gravar ou acompanhar sessão do legislativo conforme Constituição Federal, Judaci promoveu uma ditadura, diz advogado. Por fim, o decreto Estadual e Municipal reconhece atividade jornalística como essencial o que parece ser desconhecido pelo presidente da câmara de Rio Bananal.

Bananal Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *