Jovem sofre tentativa de homicídio no centro de Conceição da Barra, e é socorrido com ferimentos graves

A polícia não informou em BU, por quantos tiros a vitima foi baleada

Na tarde deste domingo (28) militares através do 190 foram informados que um homem estava sendo vítima de disparos de arma de fogo no endereço na Rua Pai João, centro de Conceição da Barra, norte do Espírito Santo.

Segundo os militares que atenderam a ocorrência, ao chegarem no local, avistaram um cidadão caído ao chão com muito sangue, aparentemente vítima dos disparos dito pelo comunicante.

De imediato a ambulância local foi acionada, para o resgate e socorro da vítima, e logo após a levando a mesma para o hospital desta do Município, que, foi atendido pelo médico plantão e logo encaminhado ao hospital Roberto Silvares na Cidade de São Mateus ainda com vida.

Devido a gravidades dos ferimentos a vítima não conseguia falar, sendo assim, os militares não conseguiram obter seus dados pessoais e algo referente ao crime.

Após as tentativas de algumas informações com a vítima, os militares saíram em busca de outras informações que pudessem levar ao ou aos autores do crime, próximo ao local do fato pessoas disseram que havia três suspeitos envolvidos nos disparos, e que um deles deixou um skate a pouco metros do local, que foi recolhido pelo PMs para ser entregue ao DPJ local.

Ainda em buscas de dados do fato, os militares prosseguiram até a residência de uma senhora de nome M., citada como mãe da vítima, que não foi encontrada.

Vizinhos (parente próximo) que pediram para não serem citados na ocorrência por medo de represaria, disseram aos militares nomes completos da vítima identificada como R.M.S., de 19 anos de idade, e também o da mãe da vítima que não foi informado em BU, e informaram o nome de dois possíveis suspeitos de terem cometido o crime.

Pois segundo com as declarações, ouviram de uma outra pessoa que seria um dos atiradores o P.H., e que a “croca” foi armada por um outro chamado C.J.C., dono do skate deixado no local do crime.

Diante das informações colhidas os militares saíram em busca dos suspeitos, porém, não foram encontrados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *