Banda de Música da PMES celebra 180 anos

A Banda de Música da Polícia Militar do Espírito Santo celebrou, no último domingo (13), 180 anos de história.

Com uma média anual de 180 apresentações, a Banda de Música da PMES possui dois discos e um compacto gravados na década de 80, além de três compact disc de músicas populares, jazz, folclore capixaba e clássicos de Natal.

Inicialmente formada por músicos civis fardados, recrutados por ocasião de demanda de tocatas nas forças de segurança capixabas, é considerada a data de 13 de setembro de 1840 como o dia de sua criação. Porém somente em 13 de julho de 1892, no governo de José Melo Carvalho Muniz Freire, a Banda de Música da PMES foi oficialmente institucionalizada, passando a compor o efetivo da força policial capixaba.

Tão antiga quanto a própria instituição, durante sua existência, atravessou gerações, culturas e fronteiras tornando-se para a sociedade um referencial da cultura capixaba, sendo reconhecida e tombada como patrimônio cultural do Estado do Espírito Santo, em 07 de abril de 2004.

Além de desenvolver suas atividades típicas militares, a Banda de Música realiza concertos sinfônicos em teatros, praças públicas, desfiles cívicos, shows com artistas locais nacionais e internacionais, bem como outras audições em todo o Estado, promovendo e valorizando a cultura e a interação social.

A Banda de Música também investe em ações proativas com intervenções precoces junto a crianças, adolescentes e jovens da Região Metropolitana da Grande Vitória, com a realização de projetos que corroboram para a inclusão e a humanização da imagem da Polícia Militar.

Atualmente a Banda de Música conta com um efetivo de 60 policiais militares, ligada a Diretoria de Comunicação Social da PMES, tendo como regente o Tenente-Coronel Wesley Eudes Rodrigues.

Devido à pandemia de Covid-19 não foi possível realizar apresentações comemorativas da Banda de Música, que eternizou a data com a gravação de um vídeo.

Assista no link:

https://www.youtube.com/watch?v=P4A5BfboEIo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *