Mais de 28 mil pessoas ficaram desempregadas no Espírito Santo em abril, aponta Caged

Durante os primeiros meses do ano, sob o impacto do coronavírus e da crise financeira, o Brasil perdeu mais de 860 mil postos de trabalho

(PORTAL R7) – O Brasil fechou 860.503 postos de trabalho com carteira assinada em abril deste ano, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).  Os dados foram divulgados pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia, nesta quarta-feira (27).

No Espírito Santo, o número de demissões chegou a marca de 28.169, mostrando um saldo negativo  de 17.881 em comparação ao número de admissões em abril.

Ainda no mesmo mês, foram abertas 10.288 vagas de trabalho no Estado. Já observando-se o acumulado do ano, incluindo os meses de janeiro, fevereiro, março e abril, o número de demissões totais no Estado foi de 112.942. Nos quatro primeiros meses foram abertas 94.120 vagas de trabalho.

Bimestre da pandemia

Entre março e abril, os dois meses que mais impactaram a economia brasileira devido ao novo coronavírus, o Brasil criou 1.984.722 vagas formais. Por outro lado, os patrões mandaram embora 3.085.927 pessoas que tinham carteira assinada. Com isso, o saldo negativo da pandemia já está em 1.101.205 postos formais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *