“Vou destruir todo mundo”, disse pr. Arilton após ser preso pela PF

Uma declaração feita pelo pastor Arilton Moura, tem chamado a atenção da internet. O religioso é um dos suspeitos investigados por suposto envolvimento em esquema de corrupção no Ministério da Educação, disse que destruiria “tudo”, ao ser preso pela Polícia Federal….

“Eu preciso que você ligue para a minha esposa… acalme minha esposa… porque se der qualquer problema com a minha menininha, eu vou destruir todo mundo!”, afirma Moura em telefone interceptado pela PF e obtido pelo jornal O Globo.

No áudio, o pastor converssava com sua equipe de defesa antes de ser preso no Pará. Além de Arilton, a PF e o MPF (Ministério Público Federal) também interceptaram ligação entre o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, e sua filha sobre possíveis interferências do presidente Jair Bolsonaro (PL) no caso.

A investigação, que levou à prisão preventiva dos envolvidos, mirou crimes de corrupção e tráfico de influência no ministério.

As prisões repercutiram muito negativamente dentro da comunidade evangélica, e assustaram pastores ligados ao Presidente da República.

O Fuxico Gospel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You cannot copy content of this page