Majeski indica extensão do reajuste do magistério a todos os profissionais essenciais nas escolas do ES

Proposta é valorizar e garantir isonomia para agentes de suporte, auxiliares de secretaria, cuidadores e demais servidores

O deputado estadual Sergio Majeski apresentou indicação ao Governo do Estado para que os demais profissionais da educação pública capixaba também sejam incluídos no reajuste salarial de até 25% concedido ao magistério.

A proposta é valorizar um grupo significativo de profissionais, cerca de 2.600, que desempenham serviços essenciais nas escolas da Rede Estadual de Ensino.

“Percorremos diversas escolas estaduais nos últimos dias e há uma insatisfação evidente. Agentes de suporte, auxiliares de secretaria e cuidadores, por exemplo, que atuam diariamente com os profissionais do magistério nas escolas e têm funções muito importantes, ao não serem contemplados no reajuste cria uma diferenciação que não é saudável. E são profissionais que geralmente estão na base da remuneração do serviço público, ganhando pouco mais de um salário mínimo”, destaca Majeski.

O novo Plano de Carreira e tabela de subsídios do magistério entrou em vigor no final de outubro, contemplando cerca de 23 mil professores, ativos e inativos, que recebem por regime de subsídio, com um reajuste máximo de até 25%.

Entretanto, outros profissionais que atuam na Rede Pública de Ensino não foram contemplados, assim como os cerca de 10 mil professores, principalmente aposentados, que recebem pelo regime de vencimento.

No início de novembro, Majeski já havia apresentado indicação ao Governo do Estado para a inclusão dos profissionais da educação que recebem pelo regime de vencimento no reajuste do magistério.

Indicações para melhorias em escolas

Estão aprovadas na Assembleia Legislativa também indicações do deputado estadual Sergio Majeski ao Governo do Estado para reforma e modernização das escolas estaduais Getúlio Pimentel Loureiro, Serra Sede e Virgínio Pereira, todas localizadas no município de Serra.

Majeski apresentou ainda mais duas indicações para pavimentação das estradas rurais de acesso às escolas estaduais José Zamprogno e Córrego Queixada, em Nova Venécia e São Gabriel da Palha, respectivamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *