Ana Paula Valadão na mira da justiça após atacar homossexuais

Ana Paula Valadão ainda não se manifestou sobre o caso.

(O FUXICO GOSPEL) – Ana Paula Valadão, a musa do Diante do Trono, virou alvo de uma investigação do Ministério Público Federal, após vir à tona declarações da cantora gospel que foram consideradas homofóbicas e preconceituosas.

As declarações da artista, que além de cantora gospel também é pastora, foram feitas durante o Congresso Diante do Trono, na edição de 2016.

Ana Paula Valadão insinuou que a AIDS é um castigo de Deus contra os homossexuais.

“Isso não é normal. Deus criou o homem e a mulher e é assim que nós cremos. Qualquer outra opção sexual é uma escolha do livre arbítrio do ser humano. E qualquer escolha leva a consequências. (…) A Bíblia chama de qualquer opção contrária ao que Deus determinou, de pecado. E o pecado tem uma consequência que é a morte. Está aí a Aids para mostrar que a união sexual entre dois homens causa uma enfermidade que leva à morte e contamina as mulheres, enfim…”, disse a cantora que já vendeu mais de 15 milhões de discos.

A pastora está sendo investigada pelo MPF, por propagar discurso de ódio. Ana Paula Valadão ainda não se manifestou sobre o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *