Evangélicos de luto: Pastora morre vítima de coronavírus

A pastora Rosa Maleski, de 63 anos, estava internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) há quase 25 dias

(FUXICO GOSPEL) – O número de líderes religiosos que estão morrendo por causa do novo coronavírus tem aumentado a cada dia. Essa crescente tem deixado muitos evangélicos com medo de retornar aos cultos presenciais.

Na última segunda-feira (10), a Secretaria Municipal de Saúde confirmou a vigésima sexta morte provocada pelo novo coronavírus em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina.

A pastora Rosa Maleski, de 63 anos, morreu no domingo (9) no Hospital Regional do Oeste, em Chapecó, onde estava internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) há quase 25 dias.

De acordo com uma  nota enviada à imprensa, o município informou que a mulher “apresentava outras comorbidades”.

Rosa recebeu inúmeras homenagens nas redes sociais. “Pastora Rosa, mulher amorosa, receptiva, tão dedicada, querida, carinhosa. Não temos palavras para expressar tamanha tristeza”, escreveu Tatiane Alves.

“Desde que a conhecemos nos sentimos muito bem acolhidos pelo grande amor que ela sempre teve por todos”, destacou outro amigo.

A pastora Rosa era casada e deixa o esposo e um filho. O casal atuava na Igreja Evangélica Batista Independente, em Chapecó. Em comunicado publicado no Facebook, a congregação lamentou a morte da pastora.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *