Globo toma rasteira de Record, após série de demissões, emissora se desespera e dá ordem de recontratar, diz site

A Globo já voltou atras após séries de demissões

(TV FOCO) – A Globo, principal emissora do país, tem feito uma ‘limpa’ em seus funcionários. Há quase dois anos, o canal deixou de lado a política de exclusividade e encerrou contrato com grandes nomes do elenco.

Só nos últimos meses, a Globo dispensou Renato Aragão, Zeca Camargo, Bruna Marquezine, Aguinaldo Silva, Miguel Falabella, Malu Mader, Stenio Garcia, Vera Fischer e tantos outros que ajudaram a construir a imagem da emissora.

A lista de demissões após a nova política de contenção já conta com mais de 50 nomes, segundo informações do colunista Fefito, do UOL. Na última semana, Débora Nascimento, José Loreto e Mariana Rios foram dispensados pelo canal.

Em nota, a assessoria de imprensa da Globo falou sobre as demissões em massa dos últimos meses de grandes nomes. “Como todos sabem, nos últimos anos, temos tomado uma série de iniciativas para preparar a empresa para os desafios do futuro. Com isso, temos evoluído nos nossos modelos de gestão, de criação, de produção, de desenvolvimento de negócios e também de gestão de talentos. Assim, em sintonia com as transformações pelas quais passa nosso mercado, a Globo vem adotando novas dinâmicas de parceria com seus talentos”.

Emissora sofreu rasteira da Record

Pra quem não sabe, essa não é a primeira vez que a emissora demite nomes de peso de seu elenco. Por volta do início dos anos 2000, a Globo resolveu abrir mão de nomes importantes da empresa, como o do ator Márcio Garcia, Leonardo Vieira, Paloma Duarte, Lavínia Vlasak,

Marcelo Serrado, Renata Domingues e Vanessa Gerbeli. Poucos meses depois, a Record chamou os nomes dispensados pela Globo e conseguiu se reinventar na dramaturgia, lançando novelas que fizeram sucesso na época, como Bicho do Mato e Prova de Amor. Ambas, alcançaram audiência com mais de dois dígitos.

Depois, a emissora reintegrou boa parte dos nomes que perdeu para a Record. Dessa forma, pode ser que a Globo acabe voltando atrás novamente para não dar ainda mais fôlego para a rival.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *