Luto na música gospel: Mais uma cantora morre vítima de coronavírus

A música gospel se despede de mais uma representante que vivia um bom momento no auge dos seus 35 anos

(O FUXICO GOSPEL) – O número de mortes causadas pelo novo coronavírus continua alto no Brasil. Uma das classes mais afetadas são as comunidades indígenas, que registraram mais uma morte por causa do vírus no Mato Grosso do Sul.

A cantora gospel Tisa Tati, da Missão Indígena Uniedas de Aquidauana, faleceu no último domingo (23) por complicações do coronavírus.

Ela era indígena, e tinha apenas 35 anos. Além de cantora, Tisa também era professora e deixa esposo e um filho de 10 anos. O Mato Grosso do Sul já registrou 48 mortes de indígenas.

A cantora foi internada na última sexta-feira (21) em Anastácio. Depois, o quadro de saúde se complicou e ela foi transferida para o Hospital Regional de Aquidauana.

“O que nos estranha é que a princípio, passaram para família que ela estava bem, que respondeu bem às medicações e que não tinha nada no pulmão. Mas, no domingo de manhã, o esposo foi chamado e disseram que ela teve uma noite agitada, ela foi transferida para Aquidauana e veio a óbito às 15h do domingo”, explicou o pastor Jader Jorge de Oliveira, tio da vítima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *