Mais um pastor morre vítima da Covid-19 em Cuiabá

O pastor de apenas 60 anos tinha comorbidades e fazia parte do grupo de risco.

A comunidade evangélica de Cuiabá (MT) está de luto pela morte do pastor Adão Crissanto de Lima, de 60 anos. O religioso foi mais uma vítima da Covid-19.

Adão morreu nesta segunda-feira (1), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá.

O pastor tinha comorbidades e fazia parte do grupo de risco. Ele era conhecido por atuar na igreja Videira, no bairro Pedra 90, na capital. Há duas semanas, os amigos e familiares fizeram campanhas de doação de sangue para o mesmo.

Infelizmente, o religioso não resistiu e morreu na noite de segunda-feira. Adão deixa dois filhos e a mulher dele. Por causa do quadro de Covid-19, não houve velório.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (1), 252.528 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 5.832 óbitos em decorrência do novo coronavírus.

O estado contabiliza o maior número de pastores mortos pela Covid-19 desde o ano passado.

Em julho de 2020, faleceu o líder da Assembleia de Deus, o pastor Sebastião Rodrigues de Souza, e cinco dias depois o seu filho, o pastor Rubens Siro de Souza, de 68 anos, também morreu vítima da doença.

Desde então, o número de religiosos que faleceram em decorrência do vírus só tem aumentado, e já passam de 10 o número de pastores que morreram da doença no estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *