Oito capixabas estão em monitoramento após casos da Covid-19 confirmados em plataforma

“Os profissionais estão recebendo toda atenção clínica, sendo monitorados presencialmente por uma enfermeira e com atendimento médico via vídeo

Oito profissionais capixabas da empresa SBN, que presta serviços para a Petrobras, testaram positivo para o novo Coronavírus (Covid-19). Eles encontram-se em quarentena em hotel localizado na Grande Vitória.

Os capixabas são moradores dos municípios de Anchieta, Guarapari, São Mateus, Serra e Vitória. Anteriormente, cinco capixabas haviam testado e, ao longo desta semana, três novos exames deram positivos, totalizando oito. Os trabalhadores estavam embarcados na plataforma FPSO, que fica na Bacia de Campos, mas no litoral capixaba.

Segundo o coordenador do Centro de Informações Estratégicas e Respostas em Vigilância em Saúde (CIEVS), Gilton Almada, nesse hotel em que se encontram os capixabas, há 76 tripulantes, sendo 61 deles testados positivamente para Covid-19. Os demais tiveram resultados negativos, porém sintomáticos e estão aguardando nova testagem a partir da próxima semana.

“Os profissionais estão recebendo toda atenção clínica, sendo monitorados presencialmente por uma enfermeira e com atendimento médico via vídeo. Ao terminarem a quarentena de 14 dias e ficarem assintomáticos, serão liberados para casa. No momento, eles estão em quartos separados e fazem as refeições nos quartos. O hotel reservou dois andares exclusivos para eles”, informou.

Além disso, o coordenador comunicou que os funcionários do hotel foram orientados pela Vigilância Sanitária municipal sobre os protocolos de limpeza e cuidados.

No último sábado (11), representantes da Secretaria da Saúde (Sesa), das áreas da Vigilância em Saúde, se reuniram com técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e das Vigilâncias Sanitárias Municipais de Vitória e Serra, para discutir questões relacionadas aos profissionais da empresa SBN. “Tem sido um trabalho conjunto entre os órgãos, com acompanhamento diário da empresa”, disse Almada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *