Ícone do site Sao Mateus News

Barraco no PTB entre presidente interina e filha de Roberto Jefferson

A cúpula menor, voltada para baixo, abriga o Plenário do Senado Federal. A cúpula maior, voltada para cima, abriga o Plenário da Câmara dos Deputados.

Presidente interina do partido compra briga com Cristiane Brasil para tentar a filiação de Jair Bolsonaro e seu grupo político

Está pegando fogo no parquinho no PTB.

Com Roberto Jefferson preso, assumiu o comando do partido interinamente Graciela Nienov, que se apresenta como “leoa conservadora”.

Graciela tem tentado concretizar a filiação Jair Bolsonaro, que ainda está sem partido para concorrer à reeleição no ano que vem. Nesta semana, ela reuniu lideranças do partido e disse que “a sigla está preparada” para receber o presidente da República e seu grupo político.

Para isso, Graciela comprou briga com a própria filha de Roberto Jefferson, a ex-deputada federal Cristiane Brasil, que está sendo ameaçada de expulsão do partido.

“Para pensar em expulsar quem quer que seja de um partido plural, ainda mais por motivos fúteis, essa interina vai ter que explicar muitas coisas primeiro. (…) Ela colocou a liberdade, a segurança e a saúde do meu pai em risco. Isso tudo virá a público e todos saberão quem ela é. Para finalizar, não quero Presidência de partido, quero meu pai presidindo o PTB, livre, saudável e solto. Do jeito que essa interina está fazendo, meu pai pode apodrecer na cadeia!”, escreveu Cristiane em uma série de mensagens no Twitter.

O Antagonista
Sair da versão mobile