Equipe da Globo é hostilizada por comerciantes pró-Bolsonaro no Rio

(RD1) – Uma equipe da Inter TV, afiliada da Globo no interior do Rio de Janeiro, foi hostilizada por um grupo de comerciantes do Camelódromo. Os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) gritavam desesperados contra o jornalista que estava no local, que não fugiu da discussão e bateu de frente com os extremistas.

Durante o telejornal local da região, o global anunciou que a entrevista, que era focada em uma carreata de manifestantes pedindo a reabertura do comércio. “Nós fomos submetidos a essa imagem triste que a gente vai ter que exibir agora para vocês”, declarou.

Durante a reportagem, a câmera estava apontada para o chão, mas deixou audível o diálogo do repórter com um dos comerciantes. “Nós cobrimos vocês o tempo todo aqui, não é certo você ameaçar a gente”, defendeu.

Internautas aprovaram a reação do repórter diante dos ataques. “Isso aí, não pipocou e dialogou com convicção!”, aprovou um internauta. “Repórter valente. Eu teria ido embora. Ele ainda foi argumentar”, observou outro.

Uma terceira pediu que os responsáveis pelo episódio fossem presos. “Isso deveria ser enquadrado como crime. Falta de respeito com quem está trabalhado”, lamentou. “Culpa do presidente”, afirmou mais uma.

Confira:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *