Mulher é espancada por pastor dentro da igreja no culto de domingo

Após a confusão o pastor fugiu e a polícia está a sua procura. Ele excluiu seus perfis nas redes sociais do ar.

(ESTADÃO MATO GROSSO) – Uma jovem utilizou as redes sociais para denunciar um caso de violência. Um pastor, identificado como Ney Valdecy Ferreira, agrediu a própria esposa dentro da Igreja Pleno Amor, no bairro Pedregal em Cuiabá.

De acordo com a denúncia da jovem, a vítima é sua tia e tem 54 anos e, durante uma discussão dentro do templo religioso no último domingo (20), foi agredida pelo marido. Após a confusão o autor das agressões fugiu e até o momento não foi localizado.

Devido a repercussão do caso, o pastor Ney excluiu o seu perfil nas redes sociais. De acordo com a Polícia Militar, a equipe do 3º Batalhão foi acionada e informada que houve agressão a duas pessoas da igreja contra duas mulheres.

Chegando ao local, a polícia encontrou uma das vítimas com hematomas pelo corpo, que precisou receber atendimento médico por conta das agressões sofridas. Os policiais buscaram o homem suspeito da agressão, mas não o localizaram.

A Delegacia Especializada dos Direitos da Mulher (DEDM) deve investigar o caso e o pastor responderá por lesão corporal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *