Regina Duarte debocha de isolamento e vira alvo de famosos

(RD1) – Em mais uma atitude polêmica contra o isolamento social recomendado pelas autoridades de saúde e em defesa do presidente Jair Bolsonaro, Regina Duarte debochou daqueles que estão em quarentena, em casa, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Em total desconhecimento de que serviços essenciais como hospitais, farmácias e mercados estão abertos durante a pandemia, a secretária de Cultura criticou: “Você quer ficar em casa? Tá ok! Mas você exige um frentista e posto de combustível aberto para você sair com seu carro em qualquer emergência. Você quer ficar em casa? Mas você exige mercado aberto com atendentes”.

No texto longo e desconexo, ela acrescentou: “Quer ficar em casa? Mas o farmacêutico e balconista tem que estar lá para te servir, né? Que comprar pão? Padaria aberta! Quer ficar em casa? Claro, mas Deus o livre se o caminhoneiro parar! Em casa sim, mas com a coleta de lixo em dia pelos garis!”.

A atriz finalizou com a frase dita por Bolsonaro e seus aliados: “Isolamento social sim, mas para grupos de risco, claro! Precaução, sim! Cuidados conscientes, sim, de todos, para todos! Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”.

A declaração da famosa pegou mal entre famosos. Marcos Palmeira se manifestou e pediu união. “Acho que devemos seguir as orientações da OMS e o governo apresentar um plano para minimizar os riscos. Sem rumo não dá! Talvez abrir mão de mordomias possa ajudar. Enfim, precisamos de união não mais divisões”, aconselhou.

Emanuelle Araújo ficou irritada com a postura de Regina Duarte. “Que absurdo, Regina. Que absurdo. Em primeiro lugar deveriam estar todos em casa. E devido as exceções, existem várias campanhas para essas pessoas que você cita”, argumentou.

“O seu peso na consciência, de apoiar esta insanidade e ir de encontro a ciência acatada no mundo todo, pode ser irreversível. Culpa também faz adoecer. Deus te proteja”, desejou a global.

Confira:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *