Polícia fecha o cerco contra igrejas e pastor é preso como bandido no Canadá

Pastor havia expulsado policiais da igreja e denunciado ação totalitária.

O pastor da Igreja da Cave of Adullam Church, em Alberta, Canadá, Artur Pawlowski, acabou sendo preso no meio da rua, tratado como um bandido pela equipe da SWAT do Canadá, depois de desafiar ordens de proibição da adoração no país.

Pawlowski ficou conhecido mundialmente por expulsar a polícia de sua igreja e afirmar que a ação contra os cultos religiosos lembra a perseguição comunista.

No último sábado, 8 de maio, veículos da polícia especial interceptaram o veículo do pastor depois que ele encerrou o culto, ordenaram que ele se ajoelhasse em uma rodovia movimentada e colocaram algemas para levá-lo preso.

O pastor que é contra as medidas draconianas impostas no país, deixou uma mensagem de voz para o caso de ser preso, o que de fato aconteceu. Nas ruas redes sociais também foi compartilhado o vídeo do momento de sua prisão.

“Olá amigos, aqui é o pastor Artur Pawlowksi. Se você está assistindo a este vídeo, significa que eles me prenderam com sucesso e que estou na prisão”, disse ele, pedindo apoio para sua batalha judicial pela frente.

O Rebel News cobriu a chocante prisão nas redes sociais.

Gospel Prime

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie
Conosco.