São Mateus ES perde dez empresas em 2019 para outras cidades vizinhas

Mais de 5.000 empregos deixaram de existir devido a falta de interesse político.

O ano de 2019 terminou com uma perda para o Município de São Mateus, no Norte do Espirito Santo, com mais desempregos, e empresas que deixaram de se instalar, no total somam-se dez.

Com isso muitos empregos deixaram os mais de 14% dos desempregados sem a oportunidade de adquirir um colocação dentro do Município, no total soma se com a perda de mais de 5.000 vagas.

As empresas que deixaram de existir na cidade, foram para a capital, e outras se instalaram no Município de Linhares.

O presidente da Câmara Municipal de São Mateus, Jorginho Cabeção, relatou na manhã desta segunda-feira (02), que lamenta a grande perda que a população teve no ano passado, e também disse que o comércio movimentaria uma economia bastante estável caso essas empresas se instalasse no Município em 2019, além também de gerar mais empregos na área comercial.

Mas ele ressalta ainda que neste ano de 2020, no começo de março, já era para começar a instalação das obras do Porto Petrocity, mas a falta de interesse do executivo, mais uma vez os desempregados mateenses terão que esperar um pouco mais, possivelmente as obras começão no segundo semestre deste ano.

A situação em São Mateus se a população não abrir os olhos, o Município poderá perder muito mais empresas, segundo o presidente da Câmara, Jorginho Cabeção, o Porto Petrocity só não foi embora ainda, devido a insistência do mesmo em buscar parcerias politicas, e ter muita conversa com o presidente da Petrocity.

O Município de São Mateus juntamente com a população tem que avaliar os políticos que realmente se interessa em ajudar a economia local, e ver quem tem interesse em buscar a instalação de empresas, pois a população neste momento de crise, busca por empregos, e uma economia que gere frutos para a região

O presidente da Câmara ao finalizar a sua fala, relatou que se houvesse a instalação dessas empresas, entre outras que também já poderiam se instalar, toda região norte ganharia, entre outros empresários disseram que enquanto estiver o atual executivo, a maioria deles não vão se instalar dentro de São Mateus, e continuarão buscando outras regiões ao redor do Município mateense, ou até mesmo na capital, para se instalarem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *