Hospital de São Mateus se torna referência em atendimento de casos suspeitos do Covid-19

A unidade está entre as seis referências hospitalares do estado em atendimento de casos suspeitos de infecção por Covid-19

O Hospital Estadual Roberto Silvares, em São Mateus, no Norte do Espírito Santo, está apto para atender pacientes com suspeita de coronavírus. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) nessa terça-feira (3).

A unidade, agora, está entre as seis referências hospitalares do estado em atendimento de casos suspeitos de infecção por Covid-19. Além do Roberto Silvares e do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, que já atendia esse tipo de paciente, outros quatro aqui do estado entraram na lista.

Ou seja, já são seis hospitais referência em pacientes com esse perfil. De acordo com a Sesa, Hospital Estadual Jayme Santos Neves (HEJSN), na Serra; Hospital Estadual Infantil Nossa Senhora da Glória (HINSG), em Vitória; Hospital Estadual Roberto Arnizaut Silvares (HRAS), em São Mateus; e Hospital Estadual Silvio Avidos (HESA), em Colatina. Além da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim (SCCI) e Infantil de Cachoeiro de Itapemirim, que são filantrópicos.

Antes, apenas o Hospital Dr. Jayme Santos Neves atendia esse tipo de caso. Mas o Ministério da Saúde solicitou à Sesa para que identificasse outras unidades regionais aptas a esse atendimento, como explica o coordenador do Centro de Operações Estratégicas (COE), Luiz Carlos Reblin.

 “O Ministério da Saúde analisou o nosso plano e nos pediu que identificássemos outras unidades. Fizemos esse trabalho junto aos superintendentes regionais de Saúde, que contataram os hospitais. Entretanto, a solicitação poderá ser revista em função dos casos que forem aparecendo”, explicou Reblin.

Com a inserção desses hospitais no referenciamento de atendimento a casos suspeitos do Covid-19, todas as regiões do Espírito Santo passam a ter cobertura de assistência hospitalar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *