Desmatamento na Amazônia em agosto foi maior em 10 anos

A área desmatada da Amazônia Legal em agosto de 2021 é a maior já observada no mês em 10 anos, segundo dados do Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônica (Imazon), que monitora a região por satélite.

O relatório revela que no mês passado foram desmatados 1.606 km² de floresta, o que equivale a cinco vezes o tamanho do estado de Belo Horizonte e é 7% maior do que o registrado em agosto de 2020.

Ainda de acordo com o Imazon, se somados os dados obtidos entre janeiro e agosto deste ano, já foram destruídos 7.715 km² de floresta. Este índice também foi o pior da década e é 48% superior ao registrado no mesmo período do ano passado.

“Se quisermos evitar o ano que termina com a maior área desmatada da década, precisamos urgentemente de ações mais efetivas, como o aumento do embargo às terras já desmatadas ilegalmente e a intensificação das operações de fiscalização, com as punições necessárias para madeireiros”, disse o pesquisador do Imazon, Antônio Fonseca, ao portal de notícias G1.

O Instituto afirma ainda que os números indicam que as medidas tomadas pelo governo para combater a derrubada “não conseguiram baixar o ritmo do dano ambiental”. (ANSA)

Istoé

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *