Facebook processou empresa por esquema de fraude com anúncios

A tecnológica de Mark Zuckerberg considera que a ILikeAd Media International Company procurou enganar os utilizadores da rede social

O Facebook decidiu processar uma empresa sediada em Hong-Kong de nome ILikeAd Media International Company, a qual a tecnológica norte-americana acusa de ter usado um sistema fraudulento para levar os utilizadores a instalarem software malicioso

Este software era depois responsável por comprometer as contas de anunciantes dos utilizadores, usando os fundos nestas contas para exibir anúncios para comprimidos de dieta e de melhoria de desempenho sexual masculino. Conta o Business Insider que estes anúncios continham muitas vezes a presença de celebridades.

Além deste processo, o Facebook decidiu “recompensar as vítimas cujas contas foram usadas para correr anúncios não-autorizados”, adiantando ainda que procurou reforçar a segurança das contas em questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *