Isenção de imposto reforça bom momento de parques temáticos no Brasil

Novas atrações serão inauguradas em 2020 e devem aquecer ainda mais o setor.

(MTur) – Após um 2019 positivo, 2020 promete várias novidades e inaugurações no setor nacional de parques temáticos e aquáticos, com novas unidades em Foz do Iguaçu (PR), Suzano (SP) e atrações inéditas. O otimismo é reforçado pela isenção definitiva do imposto de importação sobre a compra de equipamentos, considerado o principal obstáculo ao desenvolvimento do ramo. Anualmente, o segmento fatura mais de R$ 3 bilhões, recebe 30 milhões de visitantes e gera cerca de 15 mil empregos diretos e 100 mil indiretos no Brasil.

A isenção do tributo, em vigor desde outubro do ano passado, foi aprovada por unanimidade pelo Comitê Técnico do Mercosul e publicada no Diário Oficial na União. A iniciativa, uma bandeira do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), contou com o apoio do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, que destaca a importância do setor para a movimentação de visitantes e o estímulo à economia do país.

“Batalhamos pela isenção permanente porque entendemos que os parques temáticos são âncoras econômicas nos destinos onde estão instalados, induzindo o desenvolvimento e gerando emprego e renda para a população”, comenta o ministro. De acordo com o Sindepat, o ramo é um dos mais dinâmicos da área turística, e a eliminação da taxa tende a impulsionar inovações na área.

O presidente da entidade, Murilo Pascoal, destaca o otimismo de operadores e fornecedores do setor para 2020. Segundo ele, a isenção vai beneficiar novos parques e a chegada de atrações. “Essa era a nossa grande luta, e sua conquista vai significar uma virada na história dos parques e atrações turísticas no país, estimulando os investimentos, a renovação e o surgimento de novas instalações”, aponta.

O ramo de parques e atrações é um mercado em expansão no mundo. Conforme o mais recente raio-x da Themed Entertainment Association (TEA), associação internacional do segmento, no ano passado, o total de visitantes nos grandes parques do planeta ultrapassou, pela primeira vez, meio bilhão, o equivalente a quase 7% da população mundial. Segundo o estudo, há apenas cinco anos, a quantidade de frequentadores em relação à população global era de 5%.

NOVIDADES – Prestes a ser aberto, o Blue Beach Thermas Park será um dos novos parques de 2020. Localizado em Suzano (SP), no Tênis Clube local, a unidade vai oferecer um novo conceito de atração aquática, cercada de área verde, com praias artificiais, piscinas aquecidas, cascatas, rio bravo e toboáguas. A primeira etapa deve ser entregue no próximo mês, e a obra completa ficará pronta no segundo semestre, podendo receber cerca de 4,5 mil visitantes por dia.

Outra atração prevista é o Movie Cars Entertainment, um parque temático que vai reunir veículos icônicos em Foz do Iguaçu (PR). A novidade abrigará 23 cenários com 40 carros e motos que marcaram filmes, séries, desenhos e clipes musicais, entre outros, com uma expectativa diária de 1.500 frequentadores. A novidade vai ocupar o principal corredor turístico da cidade, a 750 metros do trevo de acesso ao Aeroporto Internacional das Cataratas e a 950 metros do Centro de Recepção de Visitantes do Parque Nacional do Iguaçu.

Já o Beach Park, em Aquiraz (CE), proporciona mais uma atração: o Submerso, que simula o fundo do mar por meio de imagens de corais, golfinhos e tubarões. O visitante utiliza uma máscara especial com realidade 360° 4D, que replica o ambiente marinho. A inauguração ajuda a explicar o aumento da procura pelo parque na alta temporada: de dezembro de 2019 a janeiro deste ano, houve um aumento de 30% no número de visitantes em relação ao último verão, e a ocupação hoteleira do Beach Park chegou a 100% em algumas datas.​

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *